terça-feira, 18 de outubro de 2011

De conceito a realidade, Peugeot lança o cupê RCZ no Brasil

Reforçando sua ofensiva comercial iniciada em 2010, que contou com os lançamentos da picape Hoggar, do crossover 3008 e, mais recentemente, do sedã 408, a Peugeot, que tem na internacionalização cada vez maior da Marca um dos pilares de sua operação no mundo, lança no Brasil o cupê esportivo RCZ.
Com a chegada do RCZ ao país, a Peugeot avança na disputa por segmentos de mercado nos quais ela ainda não estava presente. O modelo da Peugeot tem um temperamento forte, particularmente marcado por seu estilo inovador e comportamento dinâmico inspirador. Singular na qualidade em cada detalhe, ele é também o primeiro veículo de passeio da Marca a não utilizar numeração em sua nomenclatura.
Apresentado originalmente como carro conceito, este cupê esportivo compacto (2+2 lugares) foi transformado em realidade em apenas dois anos. Para conseguí-lo, optou-se pela montagem do modelo no centro de produção da Magna Steyr, em Graz, na Áustria, especializada na fabricação de modelos exclusivos e construídos em pequena escala, de onde já saíram mais de 30 mil unidades para cerca de 80 países.

Inspiração por dentro e por fora

De forma compacta e robusta, o desenho do RCZ oferece linhas esculpidas e elegantes baseadas em uma arquitetura admirável. A originalidade da dupla ondulação do teto e do vidro traseiro, o design das lanternas traseiras e dos dois arcos de alumínio são as características mais marcantes deste charmoso cupê. Uma posição de condução ideal aliada a um desenho de painel que mistura linhas fluídas e materiais nobres e tecnológicos conduzem o motorista a um ambiente esportivo e repleto de estilo. No interior, destaque para os bancos genuinamente esportivos e pela presença do relógio digital analógico no painel central, um código clássico da esportividade. Levando em conta a praticidade, o modelo oferece dois bancos traseiros que podem ser rebatidos para ampliar a capacidade volumétrica do porta-malas, a mais generosa da categoria, que varia de 321 a 639 litros.

Tudo pelo prazer de dirigir
O RCZ apresenta um conjunto motriz extremamente moderno e tecnológico: motor 1.6l Turbo High Pressure (THP) de injeção direta de gasolina, que produz 165 CV de potência e 24,5 mkgf de torque, aliado a uma caixa de câmbio automática sequencial de seis velocidades. Essa motorização foi desenvolvida em parceria com a BMW e segue a tendência mundial de downsizing: baixa cilindrada com alta potência e torque elevado em baixa rotação, combinando pequeno consumo e boa performance.
Valendo-se de todo o conhecimento da Peugeot em termos de comportamento dinâmico, o RCZ carrega em si noções de precisão e de sensações de condução do mais alto nível, com o intuito de despertar todos os sentidos do condutor. O RCZ se beneficia de um eficaz chassis desenvolvido a partir da plataforma 2 do Grupo PSA, com eixo dianteiro tipo pseudo McPherson e eixo traseiro com barra de torção. Peso controlado, aerodinâmica trabalhada, posição de dirigir e o centro de gravidade rebaixados, aerofólio móvel e rodas de 18 polegadas (há também opção de 19 polegadas vendida como acessório) garantem ao cupê uma excelente dirigibilidade, que desperta o mais alto prazer de condução.

Muita tecnologia

De acordo com seu posicionamento fora de série e grande dinamismo, o RCZ dispõe de equipamentos sofisticados, que auxiliam a condução e asseguram conforto e segurança ao motorista e aos passageiros. Fazem parte da lista de itens de série equipamentos como controle de tração inteligente (ASR) integrada ao ESP, freios ABS de última geração, quatro airbags, Hill Assist (ajuda para partida em aclives), faróis de duplo xenon direcionais, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, ar-condicionado digital Bi-Zone, para-brisas acústico, sistema de som de alta fidelidade Hi-Fi JBLTM, entre outros.
O RCZ se beneficia do mais alto nível de segurança passiva com uma estrutura otimizada que compreende, por exemplo, três pontos de reforço dianteiros para absorção de energia em caso de impactos, quatro airbags (dois frontais e dois laterais), além de sistemas de retenção eficazes e um capô ativo com acionamento pirotécnico. O RCZ será comercializado no Brasil a partir de outubro em versão única de acabamento, com quatro cores metálicas disponíveis (Azul Tuanake, Cinza Sidobre, Preto Perla Nera e Vermelho Tourmaline), além de uma cor perolizada (Branco Nacre). O modelo conta com garantia de três anos sem limite de quilometragem, a maior entre seus concorrentes, e revisão com preços fixos.

2 comentários:

  1. qual e o valor dessa maquina brasileira
    esse carrro e maravilhoso

    ResponderExcluir